Chineses acoplam segundo módulo científico em sua estação espacial

Encaixe do ‘MengTian’ completa a primeira fase do complexo orbital chinês

Vista em close do nariz do MengTian (à esquerda) encaixado na porta frontal do compartimento de acoplagem do módulo-base

O módulo-laboratório Mengtian, lançado na tarde de segunda-feira 31 de outubro 2022 de Wenchang, província de Hainan, acoplou com sucesso ao módulo principal Tianhe da estação espacial Tiangong da China na manhã de terça-feira – 1° de novembro de 2022, conforme anunciado pela Agência de Voos Espaciais Tripulados chinesa. Agora que os dois módulos de laboratório – Mengtian e Wentian, lançado há cerca de seis meses – estão encaixados no módulo principal, a estrutura em forma de ‘T’ da estação vai ganhar forma e o complexo entra na fase final de construção conforme planejado.

A estação é ocupada neste momento pelos astronautas Chen Dong, Liu Yang e Cai Xuzhe, que chegaram a bordo da nave espacial Shenzhou-14 em junho passado.

Configuração atual da estação espacial. O MengTian ainda será movido da porta frontal para a porta lateral esquerda do bloco-base TianHe
Configuração final da estação

Segundo a mídia oficial chinesa, “… por trás desse bom progresso está a dedicação e o trabalho árduo de cientistas, engenheiros e todos os envolvidos na criação da estação espacial. A alta taxa de sucesso dos projetos espaciais da China se deve ao espírito científico e profissionalismo de suas equipes espaciais. Mas, ao mesmo tempo em que acolhe os recentes avanços em projetos espaciais tripulados, a nação também deve estar ciente de que existem muitos marcos importantes que a China ainda não domina. O país precisa avançar e otimizar a alocação de fundos de pesquisa para que os recursos limitados possam ser concentrados para produzir resultados frutíferos no menor tempo possível”.

Gan Keli, chefe do projeto de Mengtian na Academia de Shangai, disse que o módulo espacial é composto de quatro seções – um compartimento pressurizado para a equipe de trabalho, seção de carga útil, cabine estanque e compartimento de serviço. “Dentro do módulo, há treze gabinetes científicos para armazenamento de equipamentos científicos. Ele também carrega 37 adaptadores de carga útil no lado externo capazes de realizar experimentos científicos que precisam ser expostos ao ambiente espacial, raios cósmicos, vácuo e vento solar”, disse Gan. O cientista observou que o equipamento científico a bordo será usado para estudar microgravidade e conduzir experimentos em física de fluidos, ciência de materiais, ciência de combustão e física fundamental. Segundo o designer, a principal característica técnica do Mengtian é que ele pode mover equipamentos científicos da estação sem a ajuda de astronautas, realizar experimentos no espaço e devolvê-los à estação. Além do mais, o módulo de laboratório é capaz de pequenos satélites como cubesats.

Imagem da câmera de TV do novo módulo mostrando a parte frontal da estação, momentos antes da acoplagem

“Até agora, organizamos cerca de quarenta experimentos e vamos realizá-los gradualmente de acordo com o plano geral”, disse Liu Guoning, vice-chefe de design de sistemas do Centro de Ciência, Tecnologia e Engenharia para Exploração Espacial . Liu disse que três experimentos a serem realizados no Mengtian contarão com a colaboração de pesquisadores da Agência Espacial Européia, o que ajudará a elevar o status da estação Tiangong na comunidade científica internacional. Após os laboratórios, o cargueiro Tianzhou-5 e a tripulação do Shenzhou-15 devem chegar ao complexo orbital no final de 2022.”

Painés solares do MengTian estendidos a meio-mastro

CONTRIBUA ATRAVÉS DO PIX DO HOMEM DO ESPAÇO: homemdoespacobr@gmail.com

Conheça mais sobre exploração espacial no Curso Introdutório de História e Fundamentos da Astronáutica

Curso de Introdução à Astronáutica

Compre os e-books da Biblioteca Espacial Brasileira:

BIBLIOTECA ESPACIAL

E-book Estações Espaciais Volume I

E-book Estações Espaciais Volume II

E-book Naves Espaciais Tripuladas

E-book Compêndio da missão EMM-1 dos Emirados a Marte

E-book Compêndio Satélites Militares

E-book Compêndio da missão Soyuz 9

E-Book espaçonave Crew Dragon

E-book Balsas-drone da SpaceX

Publicidade

Autor: homemdoespacobrasil

Sua referência em Astronáutica na internet

%d blogueiros gostam disto: