China lança mais um satélite de imagem

Beijing-3B “Nanjing-1” tem capacidade de alta resolução

O foguete decolou do Centro de Lançamento de Taiyuan

A China lançou hoje, na quarta-feira 24 de agosto de 2022, um foguete Longa Marcha-2D colocando o satélite Pequim-3B (Beijing 3-B, ou 南宁一号,”Nanning-1″ ) numa órbita inicial de 596 por 615 km, inclinada em 97,94°. O foguete decolou às 11h01 horário de Pequim, 00:11 hora de Brasília, do Centro de Lançamento de Satélites de Taiyuan, na província de Shanxi, no norte do país. O satélite será usado principalmente para serviços de sensoriamento remoto na gestão de recursos terrestres, levantamento de recursos agrícolas, monitoramento ambiental e aplicações urbanas.

Satélite Beijing-3B

O Beijing-3 é considerado um dos satélites de observação por imagem de maior desempenho, podendo tirar fotos com uma resolução de alta qualidade de 50 cm, o que significa que cada pixel na tela equivale a 50 cm no solo, considerado avançado pelos padrões internacionais. Seus testes de desempenho também mostraram que o satélite foi capaz de tirar imagens enquanto seu chass estava girando a 10 graus por segundo. Comparado com o concorrente WorldView-4, o satélite de observação mais avançado dos EUA atualmente, o Beijing-3 tem um tempo de resposta duas a três vezes mais rápido. Com o apoio do Comitê do Partido Municipal de Nanning e do Governo Municipal de Guangxi, e aprovado pela Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma, a Subsidiária “Century Space Nanning” construiu uma estação terrestre de sensoriamento remoto no sudoeste de Nanning, para receber diretamente imagens para países do projeto “Belt and Road”.

Depois que o Beijing-3B for colocado em uso, ele trabalhará em conjunto com outros satélites da série Beijing para melhorar ainda mais as capacidades de serviço de informações espaço-temporais de alta qualidade, como aquisição de dados, observação inteligente e informações gerais. Seus dados vão auxiliar a “levantar um mapa 3D da China e no desenvolvimento da economia digital, promovendo a aplicação de satélites de sensoriamento remoto e o desenvolvimento a economia digital em regiões relevantes. “
Esta foi a 434ª missão de voo da série de foguetes Longa Marcha, informou o centro de lançamento.

CONTRIBUA ATRAVÉS DO PIX DO HOMEM DO ESPAÇO: homemdoespacobr@gmail.com

Conheça mais sobre exploração espacial no Curso Introdutório de História e Fundamentos da Astronáutica

Curso de Introdução à Astronáutica

Compre os e-books da Biblioteca Espacial Brasileira:

BIBLIOTECA ESPACIAL

E-book Estações Espaciais Volume I

E-book Estações Espaciais Volume II

E-book Naves Espaciais Tripuladas

E-book Compêndio da missão EMM-1 dos Emirados a Marte

E-book Compêndio Satélites Militares

E-book Compêndio da missão Soyuz 9

Author: homemdoespacobrasil

Sua referência em Astronáutica na internet

%d bloggers like this: