China lança mais três satélites e marca 103 voos bem-sucedidos

Foguete de 240 toneladas colocou os três veículos de sensioriamento remoto na órbita planejada

Longa Marcha CZ-2D decola de Xichang

Um foguete Longa Marcha-2D (serial n° Y66) lançou o quarto grupo de três satélites Yaogan-35 do Centro de Lançamento de Satélites de Xichang, província de Sichuan, sudoeste da China, em 19 de agosto de 2022, às 17:37 UTC (14:37 Brasília ou 20 de agosto, às 01:37 hora local). De acordo com fontes oficiais, os satélites (遥感三十五号04组卫星A星、B星、C星; Yaogan-35 04 A, B e C) entraram nas órbitas planejadas com sucesso e “serão usados ​​principalmente em experimentos científicos , levantamentos de terras e recursos, estimativas de produção agrícola e prevenção e mitigação de desastres.”

Os Yaogan são satélites de sensoriamento remoto óptico desenvolvidos pela Oitava Academia da China Aerospace Science and Technology Corporation. São usados principalmente nas áreas de levantamento de terras, planejamento urbano, confirmação de direitos de propriedade, projeto de redes de estradas, estimativa de rendimento de safras e prevenção e mitigação de desastres. Oferecem informações para a construção da iniciativa econômico-política chinesa de Belt and Road, “Cinturão e Estrada”.

Foguete na plataforma antes do lançamento

A série Longa Marcha foi lançada 103 vezes seguidas desde 5 de maio de 2020, em lançamentos consecutivos, quebrando o recorde anterior de 102 voos consecutivos bem-sucedidos. Os foguetes e os satélites usados ​​para esta missão foram desenvolvidos pela Aerospace Science and Technology Corporation. Este foi o 433º lançamento da série de foguetes-portadores Longa Marcha. O Longa Marcha-2C colocou todos os dez grupos de satélites Yaogan-30 em órbita com precisão desde setembro de 2017, com uma taxa de sucesso de 100 por cento.

CZ-2D ou Chang Zheng 2D com o segundo estágio separado

O Longa Marcha 2D (referido como CZ-2D ou Chang Zheng 2D) é um tipo de foguete espacial desenvolvido pela China em fevereiro de 1990. Foi lançado pela primeira vez em 9 de agosto de 1992 e enviou um satélite de teste científico retornável. O foguete é baseado no Longa Marcha 4A sem o terceiro estágio, para se tornar um lançador de dois estágios. O layout do Longa Marcha 2 D é basicamente o mesmo do primeiro e segundo estágios da série CZ-4. Em 2000, o projeto do lote de foguetes Longa Marcha 2 D-02 foi inaugurado e seu índice de confiabilidade foi aumentado de 0,95 para 0,97. O modelo 2D tem geralmente as seguintes características: comprimento total (sem carenagem): 33,667 metros; (41,056 metros com a coifa instalada); diâmetro máximo: 3,35 metros; massa de decolagem: 236,966 toneladas ; e empuxo de decolagem de 2.961,6 kN (301.999,1 kgf). Relação empuxo-peso: 1,28; capacidade de carga: cerca de 3.100 kg em 175 x 355 km, órbita elíptica com inclinação de 63 graus ; precisão : desvio de inclinação orbital de 0,2 graus, desvio de altitude do perigeu de 5 km, desvio do argumento do perigeu de 5 graus e desvio de longitude do nodo ascendente de 0,1 graus.

CONTRIBUA ATRAVÉS DO PIX DO HOMEM DO ESPAÇO: homemdoespacobr@gmail.com

Conheça mais sobre exploração espacial no Curso Introdutório de História e Fundamentos da Astronáutica

Curso de Introdução à Astronáutica

Compre os e-books da Biblioteca Espacial Brasileira:

BIBLIOTECA ESPACIAL

E-book Estações Espaciais Volume I

E-book Estações Espaciais Volume II

E-book Naves Espaciais Tripuladas

E-book Compêndio da missão EMM-1 dos Emirados a Marte

E-book Compêndio Satélites Militares

E-book Compêndio da missão Soyuz 9

Author: homemdoespacobrasil

Sua referência em Astronáutica na internet

%d bloggers like this: