China lança mais 16 satélites Jillin

Frota de aparelhos de sensoriamento remoto chinesa será usada em projetos geográficos

O Longa Marcha 6 No. Y10 decola a partir da plataforma 16 do Centro de Lançamento de Taiyuan

A China lançou na madrugada de hoje, quarta-feira, 10 de agosto de 2022, dezesseis novos satélites num foguete CZ-6 Longa Marcha 6 No. Y10 a partir da plataforma nº 16 do Centro de Lançamento de Satélites de Taiyuan, na província de Shanxi, no norte do país. Os satélites, incluindo os Jilin-1 Gaofen 03D-09 e 03D-35 a 03D-43 e os aparelhos Jilin 1 Hongwai A, chamados Yunyao-1 nº 04 a 08, foram lançados por um foguete transportador Longa Marcha-6 às 12h50, horário de Pequim (04h50 UTC ou 01:50 Brasília), e entraram na órbita planejada. Este foi o 474º na história do programa espacial chinês, o 432º para a família de foguetes Longa Marcha e o 9º para o CZ-6 em especial.

Todas as cargas úteis foram colocadas com sucesso nas órbitas síncronas do sol predeterminadas com uma altitude de cerca de 530 km com a passagem do nó descendente às 12:00, hora local. O novo lote de satélites será usado principalmente em áreas como sensoriamento remoto comercial e imagens atmosféricas.

Jilin 1 Gaofen 03D

Incluindo os dez satélites Jilin 1 Gaofen 03D recém-lançados, o número total de veículos do tipo 03D é de 33 unidades. Embora o número máximo da série seja 43, há lacunas na numeração – os satélites 08, 19-26 e 34 ainda não foram lançados. As características principais são massa total de 43kg; órbita síncrona do sol, altura 535km; Resolução de 0,75m, Largura da imagem de inferior 17 km, espectro de imagem em todas as cores: 450nm a 700nm (Azul: 430nm ~ 520nm / Verde: 520nm ~ 610nm / Vermelho: 610nm ~ 690nm / Infravermelho próximo: 770nm ~ 895nm); Taxa de dados de até 900Mbps; faixa de ângulo de balanço lateral ±45°; modo de imagem : varredura em “vassoura”, com imagem obtida em modo inercial.

Resumo do lançamento

Já os satélites do tipo Jilin-1 Hongwei A são fabricados em cooperação com a Tianjin Yunyao Space Science and Technology Co., e destinam-se principalmente ao levantamento e sondagem da atmosfera terrestre para observações meteorológicas. Eles são uma versão serial do satélite Tianjin Daxue, construído pela empresa Changuang por ordem de Yunyao e lançado em 7 de dezembro de 2021 e, provavelmente, também são feitos em formato de cubesat 12U (10 x 30 x 40 cm) com uma bateria solar de três seções.

A principal carga útil da espaçonave Jilin-1 Hongwei A é o equipamento GNSS-R para monitorar as superfícies do oceano e da Terra, além de rastrear alvos em movimento nos sinais refletidos dos sistemas de navegação espacial. Adicionalmente, está instalada uma câmera infravermelha de longo comprimento de onda, que monitora a radiação térmica do oceano, terra e atmosfera, recebe informações radiométricas sobre os alvos e fazem imageamento infravermelho de acordo com os modelos construídos da atmosfera, terra e mar. O exemplar A06 recebeu o nome de “Tianjin Binhai-1” em homenagem à nova região costeira de Tianjin, onde Yunyao está sediada. A empresa recentemente levantou cerca de 100 milhões de yuans em financiamento para acelerar o estabelecimento de sua constelação meteorológica comercial de 80 satélites.

Série Jilin 1 Gaofen 03D (número, nome chinês e designação publicitária)

03D nº 09西安航投一号Xi’an Hangtou 1
03D nº 35东坡01新区号Dongpo 01 Xinqu
03D nº 36东坡02东坡号Dongpo 02 Dongpo
03D nº 37东坡03彭山号Dongpo 03 Pengshan
03D №38东坡04仁寿号Dongpo 04 Renshou
03D nº 39东坡05洪雅号Dongpo 05 Hongya
03D №40东坡06丹棱号Dongpo 06 Danling
03D №41东坡07青神号Dongpo 07 Qingshen
03D №42河南一号Henan 1
03D №43浦银一号Puyin 1

Série Jilin 1 Hongwai A (número, nome chinês e designação publicitária)

A01云遥一号04星Yunyao-1 04
A02云遥一号05星Yunyao-1 05
A03云遥一号06星Yunyao-1 06
A04云遥一号07星Yunyao-1 07
A05云遥一号08星Yunyao-1 08
A06天津滨海一号Tianjin Binhai 1

A preparação direta para o lançamento começou em 17 de julho com a cerimônia de envio de todos os satélites de Changchun para o edifício de teste. Este foi o 21º lançamento do projeto Jilin-1, dezessete dos quais foram bem sucedidos. Um total de 74 espaçonaves foram lançadas, das quais setenta estão em órbita e estão em operação (54 unidades) ou em fase de comissionamento (dezesseis).

CONTRIBUA ATRAVÉS DO PIX DO HOMEM DO ESPAÇO: homemdoespacobr@gmail.com

Conheça mais sobre exploração espacial no Curso Introdutório de História e Fundamentos da Astronáutica

Curso de Introdução à Astronáutica

Compre os e-books da Biblioteca Espacial Brasileira:

BIBLIOTECA ESPACIAL

E-book Estações Espaciais Volume I

E-book Estações Espaciais Volume II

E-book Naves Espaciais Tripuladas

E-book Compêndio da missão EMM-1 dos Emirados a Marte

E-book Compêndio Satélites Militares

E-book Compêndio da missão Soyuz 9

Author: homemdoespacobrasil

Sua referência em Astronáutica na internet

%d bloggers like this: