China lança Zhongxing 6D

Longa Marcha 3B colocou o satélite de comunicação em órbita

Foguete transportador Longa Marcha 3B número Y89

Às 20:00 do dia 15 de abril de 2022, horário de Pequim, a China lançou com sucesso o satélite Zhongxing 6D (ChinaSat-6D) usando o foguete transportador Longa Marcha 3B número Y89 no Centro de Lançamento de Satélites de Xichang. O satélite entrou na órbita predeterminada e a missão de lançamento foi um sucesso completo. O satélite oferecerá principalmente serviços de transmissão e comunicação de rádio e televisão confiáveis, estáveis e seguros para usuários dentro do território e águas territoriais da China e usuários na região da Ásia-Pacífico. Este foi o 415º lançamento de um foguete “Changzheng” (Longa Marcha), o 129º para os portadores da família CZ-3A, que também inclui os foguetes CZ-3C e CZ-3B, e o 84º para o CZ-3B com quatro ‘booster’s líquidos.

O Zhongxing-6D está equipado com uma carga útil combinada de 25 transponders de banda C e 25 transponders de banda Ku. Na banda C, deve substituir os recursos de seu antecessor com proteção aprimorada contra interferência no link Terra-espaçonave e cobertura da superfície terrestre; o recurso em banda Ku será grandemente aumentado para cobrir a alta demanda. Foi relatado que o novo satélite estabelecerá uma base técnica sólida para a transmissão de televisão de alta definição na China. O satélite ficará fixado em 125 graus de longitude leste, o que expandirá a cobertura da China no Mar da China Meridional e no Sudeste Asiático e realizará serviços para as ilhas do Mar da China Meridional e países insulares do Pacífico.

Chassis DFH

O segmento terrestre inclui a Estação Xibeiwang em Pequim, a Estação Hualai na Província de Hebei, a Estação Kashgar na Região Autônoma Uigur de Xinjiang e a Estação Haikoun na Ilha Hainan. O investimento total no projeto foi de 1.433,9 milhões de yuans (US$ 225 milhões).
O Zhongxing-6D foi construído no chassi DFH-4E, uma versão aprimorada da plataforma DFH-4 bem estabelecida para satélites geoestacionários. Uma das principais vantagens do DFH-4E é o sistema de propulsão combinado, que inclui motores-foguete tradicionais e motores-foguete elétricos.

Conheça mais sobre exploração espacial no Curso Introdutório de História e Fundamentos da Astronáutica

Curso de Introdução à Astronáutica

CONTRIBUA ATRAVÉS DO PIX DO HOMEM DO ESPAÇO: homemdoespacobr@gmail.com

Compre os e-books da Biblioteca Espacial Brasileira:

BIBLIOTECA ESPACIAL

E-book Estações Espaciais Volume I

E-book Estações Espaciais Volume II

E-book Naves Espaciais Tripuladas

E-book Compêndio da missão EMM-1 dos Emirados a Marte

E-book Compêndio Satélites Militares

E-book Compêndio da missão Soyuz 9

Autor: homemdoespacobrasil

Sua referência em Astronáutica na internet

%d blogueiros gostam disto: