Astra lança com sucesso seu LV0009

Foguete lançou carga de teste do Departamento de Defesa

O Astra Rocket decola da plataforma LP-3B
Zona de exclusão

A empresa americana Astra lançou com sucesso seu foguete transportador Astra Rocket 3.3 LV0009 às 16:22 UTC, que colocou três satélites de pesquisa em órbita. O foguete, lançado do Pacific Spaceport Complex Alaska na Ilha de Kodiak, na manhã de ontem, 15 de março de 2022, transportou os satélites OreSat, e os NearSpace Launch e S4 CROSSOVER, que foram colocados em órbita. Os parâmetros são: inclinação de 97,49 graus com período de 94,70 minutos, apogeu de 537 km e perigeu de 471 km.

estagiamento
S4 CROSSOVER

O S4 Crossover é um aparelho fixo de demonstração tecnológica da NearSpace Launch para fazer testes em de voo para uma plataforma de ‘host’ -hospedagem- de carga útil . Os recursos que serão testados para uso no suporte a cargas úteis futuras incluem um transmissor Globalstar e um transceptor Iridium, bem como instrumentos ambientais espaciais para caracterizar a radiação e as densidades de plasma às quais as cargas serão expostas. O S4 CROSSOVER é autoalimentado e opera independentemente do segundo estágio do foguete Astra ao qual está fixo. Ele demonstra uma plataforma que pode no futuro ser usada para hospedar cargas úteis. A transmissão de dados começará após o corte do motor do segundo estágio, ativado por relés no veículo lançador, e operará até o fim, o que deverá ocorrer dentro de algumas semanas após o lançamento.
Além dos testes técnicos, algumas cargas úteis estão a bordo: São um detector de radiação e um detector de plasma. A missão demonstrará o uso do transmissor Globalstar Simplex e do transceptor Iridium, como um conjunto de comunicações que permitirá que futuros sistemas se tornem plataformas de hospedagem, bem como monitores ambientais espaciais.

Oresat 0

O OreSat 0 ( Oregon Satellite ‘zero’ ) é um CubeSat tamanho 1U da Portland State University para experimentar em voo o chassi OreSat. É um sistema baseado em ‘card-cage’ de código aberto que é ideal para projetos de educação usando CubeSats envolvendo equipes interdisciplinares de alunos. É um predecessor do satélite OreSat-1 , para execitar a equipe com relação a seus subsistemas críticos.

O vôo correu conforme o planejado, com o primeiro estágio disparando por cerca de três minutos. O estágio superior então se separou e disparou seu motor por aproximadamente cinco minutos e meio, injetando o estágio em uma órbita de cerca de 500 quilômetros de altura. O foguete pertencente a Astra Space americana, e propoe-se ser capaz de lançamento responsivo de vários locais e disparo em curto prazo.
O Astra, simplesmente chamado “Rocket” (foguete) 3.3 em sua versão atual, tem dois estágios, funciona a querosene de grau de foguete e oxigenio líquido e tem cinco motores Delphin produzindo 14,741.7 kgf de empuxo na decolagem e um segundo estágio bi-propelente de querosene /LOX com um motor Aesthus com 335.6 kgf de empuxo.

Eventos de lançamento

Conheça mais sobre exploração espacial no Curso Introdutório de História e Fundamentos da Astronáutica

Curso de Introdução à Astronáutica

CONTRIBUA ATRAVÉS DO PIX DO HOMEM DO ESPAÇO: homemdoespacobr@gmail.com

Compre os e-books da Biblioteca Espacial Brasileira:

BIBLIOTECA ESPACIAL

E-book Estações Espaciais Volume I

E-book Estações Espaciais Volume II

E-book Naves Espaciais Tripuladas

E-book Compêndio da missão EMM-1 dos Emirados a Marte

E-book Compêndio Satélites Militares

E-book Compêndio da missão Soyuz 9

Author: homemdoespacobrasil

Sua referência em Astronáutica na internet

%d bloggers like this: