Novo Longa Marcha 8, o Y2, decola amanhã em missão de carga útil múltipla

Foguete deve-se a preencher a lacuna na classe de carga média e eventualmente ser reutilizável

O foguete Yao-2 (‘número 2’) está em posição na plataforma LC-201 em Hainan e a decolagem está marcada para domingo, 27 de fevereiro. “O foguete transportador Longa Marcha 8 Yao-2 completou todo o trabalho de pesquisa e desenvolvimento antes de sair da fábrica e foi entregue com segurança em Wenchang no dia 21. Depois disso, o Yao-2 completou a montagem final e testes. “

Esta é a primeira missão da nova geração de foguetes transportadores chineses em 2022″ – disse a mídia oficial chinesa. Uma futura variante do CZ-8 ‘Chang Zheng-8’ – o ‘CZ-8R’ como é informalmente chamado – será reutilizável, equiparando-o à série Falcon fabricada pela empresa americana SpaceX. Com dois estágios, 50,3 metros de comprimento e 356 toneladas de massa na decolagem, o foguete a ser lançado amanhã usa a mesma mesa de disparo que o modelo padrão com ‘boosters’. A carenagem de cabeça, a se supor com o mesmo diâmetro que o CZ8-Y1 lançado em 2020, mede cerca de 10,5 metros de altura. Outra característica é que ambas têm logotipos da agência espacial CNSA, que geralmente não são adesivados exceto para missões lunares ou marcianas.

Coifa de cabeça do foguete atual comparada com o modelo CZ8-Y1
Trajetória de voo

A série CZ-8 é uma família modular para substituir os CZ-2, CZ-3 e CZ-4 . O veículo é abastecido por querosene e LOX e possui um diâmetro principal de 3,35 m com dois motores YF-100 herdados do CZ-7 (com 489.880 kgf de empuxo), com dois ‘boosters’ de propelentes líquidos opcionais. O segundo estágio é um aparelho criogênico propulsado por dois motores YF-75, herdados do Chang Zheng-3 . O local de lançamento é o Centro de Lançamento de Satélites de Wenchang na província de Hainan. O ‘core’ de primeiro estágio é modificado para ser reutilizável, com pouso vertical motorizado com trem de pouso extensível, enquanto que o motor YF-100 precisa ser modificado para permitir regulagem de potência.

Foguete na mesa de disparo

Os seguintes satélites estão na relação de carga útil, segundo informações de várias fontes:

Serão transportados vinte e dois satélites para empresas espaciais comerciais chinesas, incluindo espaçonaves de observação da Terra por meios ópticos e de radar.

Hainan-1 01 (Hainan No. 1, 01 ) do Shenzhen DFH para CAS Academy of Aerospace Information, Hainan Research Institute
Hainan-1 02 (Hainan No. 1, 02 ) também do Shenzhen DFH para CAS Academy of Aerospace Information, Hainan Research Institute
Wenchang-1 01 (Wenchang 1, 01 ) e Wenchang-1 02 (Wenchang 1, 02 ) da Minospace para CAS Academy of Aerospace Information, Hainan Research Institute
Taijing-3 01 (Taijing No. 3 01 ) e Taijing-4 01 (Taijing No. 4 01 ) Minospace
Xidian-1 (Xidian No. 1) da Minospace
Jilin- 1 Mofeng-02A 01 (Jilin No. 1 Rubik’s Cubesat 02A01) da Changguang para Xiamen Tianwei
Jilin-1 Gaofen-03D 10 (Jilin No. 1 03D10);
Jilin-1 Gaofen-03D 11 (Jilin No. 1 03D11);
Jilin-1 Gaofen-03D 12 (Jilin No. 1 03D12);
Jilin-1 Gaofen-03D 13 (Jilin No. 1 03D12) 03D13);
Jilin-1 Gaofen-03D 14 (Jilin 1 Gaofen-03D14), todos da Changguang
e Jilin-1 Gaofen-03D 15 ‘Shaoguan-1’ (Jilin 1 Gaofen 03D15 ) da Changguang para a cidade de Shaoguan
(A cerimônia de expedição do Shaoguan-1 foi realizada no Parque Industrial de Informação Aeroespacial na cidade de Changchun. Fornecerá dados de sensoriamento remoto e serviços nas áreas de agricultura, silvicultura, recursos, proteção ambiental, construção urbana e experimentos científicos., para ajudar a promover o desenvolvimento de aplicações de sensoriamento e industrialização em Shao.)
Jilin -1 Gaofen-03D 16 ‘Wenchang Chapsuan-2′ (Jilin 1 Gaofen 03D16 (Wenchang Chaosuan 2) e o Chapsuan-3’ (Jilin No. 1 Gaofen 03D17 (Wenchang Chaosuan No. 3) da Changguang para Hainan Modern Technology Group
Jilin-1 Gaofen-03D 18 da Changguang
Tianqi 19 (Apocalypse Constellation 19 ) da Shanghai ASES para Beijing Guodian Hi-Tech
Chaohu -1 (Chaohu No.1) da Tianyi para o Tiandi Information Network (Anhui) Research Institute
Chuangxing Leishen (Chuangxing Thor Satellite) da Tianyi para o Beijing University of Posts and Telecommunications Research Institute
Dayun/Xingshidai-17 de Guoxing Yuhang
Qimingxing-1 (Xingxing-1) da Universidade de Wuhan

A órbita-alvo pretendida é uma síncrona com o sol, de cerca de 700 km de altitude.

Local de lançamento de Wenchang, ilha de Hainan

Conheça mais sobre exploração espacial no Curso Introdutório de História e Fundamentos da Astronáutica

Curso de Introdução à Astronáutica

CONTRIBUA ATRAVÉS DO PIX DO HOMEM DO ESPAÇO: homemdoespacobr@gmail.com

Compre os e-books da Biblioteca Espacial Brasileira:

BIBLIOTECA ESPACIAL

E-book Estações Espaciais Volume I

E-book Estações Espaciais Volume II

E-book Naves Espaciais Tripuladas

E-book Compêndio da missão EMM-1 dos Emirados a Marte

E-book Compêndio Satélites Militares

E-book Compêndio da missão Soyuz 9

Author: homemdoespacobrasil

Sua referência em Astronáutica na internet

%d bloggers like this: