Progress MS-19: Novo cargueiro russo lançado para a ISS

Espaçonave transporta suprimentos e experimentos

Foguete de 44,86 metros e 313.536 kg decolou da plataforma 6 da área 31 do cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão

Na terça-feira, 15 de fevereiro de 2022, às 07:25:40, horário de Moscou (01:25:40 de Brasília), o foguete Soyuz-2.1a com a espaçonave de carga Progress MS-19 foi lançado com sucesso do Cosmódromo de Baikonur. Após 8 minutos e 48 segundos, a separação da espaçonave e o terceiro estágio do transportador foram registrados, então os painéis solares e as antenas foram revelados. Este lançamento foi o 50º para o veículo de lançamento Soyuz-2.1a. O peso de lançamento da espaçonave foi de 7.430 kg.

Especialistas da Força-Tarefa Principal para Controle de Voo do Segmento Russo da Estação Espacial Internacional (RKK Energiya e agência espacial Roskosmos) iniciaram o controle de voo. O foguete no modo normal lançou a nave na órbita alvo com os seguintes parâmetros: Período orbital de 88,55 minutos; inclinação orbital de 51,67 graus, com perigeu de 192,9 km e apogeu de 240,9 km.

Espaçonave em órbita, logo após estender seus painéis solares

Como a corporação estatal disse mais tarde, o lançamento ocorreu normalmente e, logo depois que a espaçonave foi colocada em órbita, seus painéis solares e antenas se abriram. O voo autônomo para a Estação Espacial Internacional ocorrerá de acordo com um esquema de dois dias, e a acoplagem no módulo Poisk do segmento russo está prevista para 17 de fevereiro de 2022 às 10h06, horário de Moscou (±3 minutos), ou 04h06 de Brasília. A ‘amarração’ está planejada para ser realizada automaticamente sob a supervisão de especialistas do Centro de Controle de Missão TsNIIMash (afiliada da Roskosmos) e dos cosmonautas da Roskosmos Anton Shkaplerov e Pyotr Dubrov. A nave ficará acoplada por um longo tempo (cerca de 370 dias) à estação, para testes técnicos. Geralmente um voo deste tipo de nave dura apenas alguns meses.

A Progress MS tem 7,2 metros de comprimento e 7.400 kg de massa no lançamento

O Progress MS-19 está transportando combustível, água potável, nitrogênio comprimido, bem como equipamentos e equipamentos de manutenção para sistemas de bordo, controle médico e suprimentos higiênico-sanitários, roupas, rações alimentares e alimentos frescos para a estação.

Além disso, a bordo da espaçonave estão equipamentos para a realização de experimentos médicos e biológicos, além de seis pequenos satélites YUZGU-55 da Southwestern State University. Os cosmonautas russos lançarão esses veículos em órbita durante uma de suas caminhadas espaciais.

Os cosmonautas da Roskosmos Anton Shkaplerov (comandante da estação) e Pyotr Dubrov, bem como os astronautas da NASA Mark Vande Hei, Raja Chari, Thomas Marshburn, Kayla Barron e o astronauta da Agência Espacial Europeia Matthias Maurer estão atualmente trabalhando a bordo da ISS.

Anteriormente, a Roskosmos informou que estava planejado entregar meios para eliminar vazamentos na espaçonave, após o qual a tripulação poderia proceder à eliminação final do vazamento de ar . Em dezembro, a corporação estatal também informou que a tripulação encontrou um possível último local para um vazamento de ar . Em agosto de 2020, esse vazamento encontrado. A tripulação da estação conseguiu localizá-lo na câmara de transição PrK do módulo Zvezda. Em outubro de 2020, os cosmonautas conseguiram detectar a estreita rachadura com cerca de 4 cm de comprimento e repará-la com meios temporários. Depois disso, a taxa de queda de pressão na ISS diminuiu, mas o vazamento persistiu.

Conheça mais sobre exploração espacial no Curso Introdutório de História e Fundamentos da Astronáutica

Curso de Introdução à Astronáutica

CONTRIBUA ATRAVÉS DO PIX DO HOMEM DO ESPAÇO: homemdoespacobr@gmail.com

Compre os e-books da Biblioteca Espacial Brasileira:

BIBLIOTECA ESPACIAL

E-book Estações Espaciais Volume I

E-book Estações Espaciais Volume II

E-book Naves Espaciais Tripuladas

E-book Compêndio da missão EMM-1 dos Emirados a Marte

E-book Compêndio Satélites Militares

E-book Compêndio da missão Soyuz 9

Author: homemdoespacobrasil

Sua referência em Astronáutica na internet

%d bloggers like this: