Soyuz MS-20 pousa no Cazaquistão encerrando missão turística

Turistas japoneses passaram 12 dias no espaço e recolocam a Rússia no mercado

O turista espacial Maezawa sobre o nariz do veículo de descida da Soyuz, após o pouso no Cazaquistão , a sudeste da cidade de Zezkazgan.

Hoje, 20 de dezembro de 2021, o veículo de descida da nave espacial russa Soyuz MS-20, que se desacoplou três horas e meia antes da Estação Espacial Internacional, pousou no Cazaquistão encerrando uma missão de doze dias que recolocou a Rússia no mercado de turismo espacial.

O comandante Aleksandr Misurkin e os turistas japoneses Yuzaku Maezawa e Yozo Hirano visitaram a estação espacial em uma nave especial dedicada ao voo turístico, que rendeu uma quantia estimada em 50 milhões de dólares aos cofres russos. A Roskosmos, agência espacial russa, já tem encomenda para novas missões de turismo, intermediadas pela empresa americana Space Adventures. Os japoneses foram os 11º e 12º clientes da Space Adventures a voarem ao espaço em naves russas desde 2001, quando o empresário americano Dennis Tito inaugurou a Era do Turismo Espacial na nave Soyuz TM-32.

A separação do módulo de habitação , BO, e do compartimento de instrumentos e motores , PAO, do aparelho de descida , SA, que transportava a tripulação, ocorreu às 05:47:02 horário de Moscou em 20 de dezembro (21:47 de Brasília no dia 19). A cápsula com cosmonautas entrou nas camadas superiores da atmosfera às 05:50, de Moscou, em 20 de dezembro (23:50 Brasília do dia 19). A cápsula iniciou a sequência de abertura dos paraquedas às 05:58:41 de Moscou, em 20 de dezembro (23:58 Brasília, dia 19). O pouso do aparelho de Descida ocorreu às 06:13:41, Moscou, em 20 de dezembro (00:13:41 Brasília no dia 20) nas estepes do Cazaquistão a cerca de 148 quilômetros a sudeste de Zhezkazgan.

Mizurkin recebido pelas equipes

Todas as operações de descida da órbita e pouso ocorreram no modo normal, a tripulação está se sentindo bem. A nave havia se separado do segmento russo da estação às 02:50:30, horário de Moscou. Seu sistema de propulsão SKD foi ligado no modo normal para desaceleração às 05:18:56 horário de Moscou, após o que começou a sair de órbita. Logo depois, o Soyuz MS se dividiu nos três compartimentos, e a tripulação de três no veículo de descida experimentou sobrecargas padrão de cerca de 4g. “O veículo de descida pousou na vertical. Equipes de resgate no local. Tudo está normal.” – tuitou o diretor da agência espacial russa Roskosmos, Dmitry Rogozin.

Reabilitação pós-voo

Para cumprir o programa de experiências científicas pós-voo e reabilitação, está previsto que esta noite Alexander Misurkin, Yusaku Maezawa e Yozo Hirano cheguem ao Complexo para treino de pré-lançamento e reabilitação pós-voo de cosmonautas (astronautas) no Zvezdniy Gorodok ( o TsPK, centro de treinamento de cosmonautas , ou Cidade das Estrelas, na região de Moscou). A reabilitação da tripulação durará de 14 a 21 dias, dependendo do bem-estar dos cosmonautas. Nesse período, eles recuperam a forma física normal, sob supervisão de médicos, vão à piscina, fazem caminhadas e aumentam gradativamente a carga sobre os músculos.

O período de reabilitação não exclui a participação dos cosmonautas em experimentos diretamente relacionados às suas atividades profissionais. Está previsto que em 21 de dezembro, Alexander Misurkin continuará sua participação no experimento médico LAZMA, que começou no TsPK antes do vôo, então continuou durante a missão orbital. Conduzir o experimento “Constelação – LM” também permanece tradicional, cujo objetivo principal é estudar as capacidades de uma pessoa durante voos ao espaço profundo e trabalhar nas superfícies da Lua e de Marte.

Hirano após a volta à Terra

A Space Adventures, Inc., empresa líder mundial em experiências espaciais, comemorou o pouso da nave russa. “Uma vez no espaço, você percebe o quanto vale a pena ter essa experiência incrível”, disse Maezawa à Associated Press. “E acredito que essa experiência incrível vai levar a outra coisa.”

Desde documentar tarefas cotidianas, como escovar os dentes no espaço, até compartilhar reflexões mais pessoais, como os momentos emocionais da leitura de um mangá favorito no espaço, Maezawa compartilhou continuamente suas experiências com seus fãs por meio de seu canal no YouTube. Como parte dessa missão, Maezawa fez crowdsourcing de ideias de coisas para fazer no espaço antes de seu lançamento como parte de sua campanha ‘100 coisas que você deseja que a MZ faça no espaço’.

Maezawa continuará sua ambição de “espalhar a consciência e o interesse nas viagens espaciais ao público”, agindo como o anfitrião da missão ‘dearMoon’ – um voo circunlunar a bordo da nave espacial da SpaceX atualmente programada para lançamento em 2023 – junto com outros oito passageiros que ele convidará.

Maezawa, o turista principal

Eric Anderson, CEO da Space Adventures, disse: “A conclusão do voo espacial de MZ não é apenas um marco para ele e a Space Adventures, mas também para a indústria de voos espaciais comerciais como um todo e para o futuro da humanidade no espaço. A missão de MZ chega no final de um ano que viu um ‘boom’ incrível no turismo espacial e está preparada para inaugurar outra onda de exploração. ”

A Space Adventures tem cooperado com a Roskosmos desde o primeiro voo turístico espacial do mundo em 2001. A conclusão bem-sucedida da missão de Maezawa e de Hirano os torna o oitavo e o nono astronautas particulares a visitar a estação espacial com a Space Adventures e os primeiros participantes de voos espaciais privados do Japão.

Permanecendo a bordo da estação está a tripulação da Expedição 67 – os astronautas Raja Chari, Kayla Barron, Thomas Marshburn, Mark vande Hei (americanos) e Mathia Maurer, da Alemanha, e os cosmonautas da Roskosmos, Anton Shkaplerov e Pyotr Dubrov.

Curso de Introdução à Astronáutica

Compre os e-books da Biblioteca Espacial Brasileira:

CONTRIBUA ATRAVÉS DO PIX DO HOMEM DO ESPAÇO: homemdoespacobr@gmail.com

BIBLIOTECA ESPACIAL

E-book Estações Espaciais Volume I

E-book Estações Espaciais Volume II

E-book Naves Espaciais Tripuladas

E-book Compêndio da missão EMM-1 dos Emirados a Marte

E-book Compêndio Satélites Militares

E-book Compêndio da missão Soyuz 9

Autor: homemdoespacobrasil

Sua referência em Astronáutica na internet

%d blogueiros gostam disto: