Russia lança satélites Galileo a partir de Kourou dia 2

Satélites de navegação estão no voo VS26

O lançamento dos satélites de navegação Galileo do cosmódromo de Kourou, na Guiana Francesa, ocorrerá dentro do cronograma, informou a Roskosmos. De acordo com o cronograma de lançamento aprovado pela corporação estatal Roskosmos, o lançamento do foguete Soyuz ST-B (VS26) com o estágio superior Fregat-M e duas espaçonaves Galileo-FOC FM23 (“Patrick”) está programado para 03h31, horário de Moscou, em 2 de dezembro de 2021 (21:31 hora de Brasília do dia 1º).
O chefe da Roskosmos, Dmitry Rogozin, relatou anteriormente que dois lançamentos de foguetes russos do cosmódromo de Kourou estão planejados para o final do ano. A rede Galileo, com um orçamento de mais de dez bilhões de euros, foi projetada para fornecer serviços de geolocalização de alta precisão, graças a um sistema de três dezenas de satélites. Sua implantação completa foi planejada para ser realizada até 2020, a fim de competir com o sistema GPS americano, o russo GLONASS e o chinês Beidou.

Os preparativos para o lançamento do foguete Soyuz-ST com as espaçonaves Galileo continuam no Centro Espacial da Guiana Francesa. De acordo com o cronograma da campanha, especialistas russos prepararam o complexo de lançamento Soyuz para receber o veículo de lançamento e a ogiva espacial.

No posto de abastecimento, os especialistas da TsENKI e da NPO completaram o enchimento do estágio superior Fregat com os propelentes. Os especialistas europeus montaram a seção da carga útil. Em 22 de novembro, foi feito o transporte do Fregat com combustível para a zona S3B, localizada no complexo de lançamento Ariane para a montagem da ogiva espacial. No sábado, 27 de novembro, começaram os trabalhos na programação de lançamento. A preparação do veículo lançador e a operação dos equipamentos de processamento de solo fornecidos pelo lado russo são feitos pelos especialistas das empresas da Roskosmos.
Em janeiro, o Diretor Geral Adjunto de Cooperação Internacional da Roskosmos, Sergei Savelyev, disse que a Federação Russa em 2021 planejava realizar 10 lançamentos com foguetes Soyuz-2 e Soyuz-ST para clientes estrangeiros.

Em 14 de outubro de 2021, chegou à Guiana o navio Tucano com dois veículos lançadores Soyuz-ST e uma carenagem frontal fabricada pela Progress (de Samara, que faz parte da Corporação Estatal Roskosmos ). A bordo também estão os estágios superiores Fregat produzidos pela Associação Científica e de Produção S.A. Lavochkin (de Khimki, ) e componentes do propelente.
Para chegar à Guiana Francesa, os componentes percorreram um caminho, primeiro de trem da cidade de Samara ao porto de São Petersburgo; depois pelo porto francês de Le Havre, o navio rumou para o mar aberto, passando o canal inglês. O navio percorreu a distância de 8.110 quilômetros através do Atlântico em semanas. Os estágios dos foguetes viajaram desta forma em conteineres selados especiais nos quais a umidade e pressão necessárias são mantidas.
Após o descarregamento, contêineres com equipamentos de alta tecnologia foram para armazenamento no prédio de montagem e teste do complexo de lançamento, no Centro Espacial da Guiana. Especialistas do Instituto de Pesquisa de Complexos de Lançamento V.P. Barmin ( filial do TsENKI) começou a trabalhar nos preparativos para o lançamento dos satélites europeus Galileo.
No edifício de montagem e teste, especialistas da indústria fizeram os testes de vácuo, elétricos e pneumáticos com o estágio superior Fregat.

Conheça mais sobre exploração espacial no Curso Introdutório de História e Fundamentos da Astronáutica

Curso de Introdução à Astronáutica

CONTRIBUA ATRAVÉS DO PIX DO HOMEM DO ESPAÇO: homemdoespacobr@gmail.com

Compre os e-books da Biblioteca Espacial Brasileira:

BIBLIOTECA ESPACIAL

E-book Estações Espaciais Volume I

E-book Estações Espaciais Volume II

E-book Naves Espaciais Tripuladas

E-book Compêndio da missão EMM-1 dos Emirados a Marte

E-book Compêndio Satélites Militares

E-book Compêndio da missão Soyuz 9

Author: homemdoespacobrasil

Sua referência em Astronáutica na internet

%d bloggers like this: