NASA: missão a asteróide decola na madrugada de hoje

Sonda DART decola de Vandenberg

Espaçonave DART e a coifa de cabeça do foguete Falcon 9 BL5

O Double Asteroid Redirection Test (DART) está programado para ser lançado não antes de 01h20 EST (0620 GMT, 03:20 Brasília) na quarta-feira, 24 de novembro em um foguete Falcon 9 v1.2 Block 5 número 1063.3 da Base da Força Espacial de Vandenberg na Califórnia.

Neste lançamento, o primeiro estágio do Falcon 9 desligará seus motores Merlin 1D cerca de dois minutos e meio após a decolagem e, em seguida, começará as manobras para pousar na balsa-drone Of Course I Still Love You (OCISLY), da SpaceX, estacionada no Oceano Pacífico.

O estágio superior do foguete continuará indo para o sul sobre o Pacífico, acionando seu motor Merlin Vac para impulsionar a nave em uma trajetória de escape para longe da Terra em direção ao sistema solar.

Concepção da DART se aproximando do asteróide

Eventos do lançamento (h / min / s – evento)

00:00:00 ignição dos motores do 1º estágio
00:01:12 Max Q (máximo de estresse mecânico no foguete)
00:02:33 Corte do motor principal do 1º estágio (MECO)
00:02:36 Separação de estágios
00:02:44 O motor do segundo estágio acende
00:03:11 descarte da carenagem
00:06:40 início da ignição de reentrada do primeiro estágio
00:07:10 ignição de reentrada completa
00:08:06 Corte do motor do 2º estágio (SECO-1)
00:08:26 Início da queima de pouso do primeiro estágio
00:08:52 Queima de pouso do primeiro estágio completa
00:28:37 Acionamento do motor do segundo estágio
00:29:30 Corte do motor do 2º estágio (SECO-2)
00:55:40 ejeção do DART

B1063.3 em Vandenberg

A cobertura do lançamento ao vivo será transmitida na tv, no YouTube, no aplicativo e nos canais de mídia social da NASA, começando às 12h30 EST (05h30 GMT, 02:50 Brasília).
O DART tem a missão de impactar e redirecionar a trajetória de um asteróide pela primeira vez na história. Espera-se que ele colida com um asteróide-satélite, Dimorphos, em 26 de setembro de 2022. O Dimorphos orbita um asteróide chamado Didymos, que está perto o suficiente (cerca de 11 milhões de quilômetros) para os cientistas estudarem quaisquer efeitos usando telescópios terrestres. Uma missão de acompanhamento chamada Hera (pela Agência Espacial Européia) deve visitar o mesmo sistema em 2026.

Conheça mais sobre exploração espacial no Curso Introdutório de História e Fundamentos da Astronáutica

Curso de Introdução à Astronáutica

CONTRIBUA ATRAVÉS DO PIX DO HOMEM DO ESPAÇO: homemdoespacobr@gmail.com

Compre os e-books da Biblioteca Espacial Brasileira:

BIBLIOTECA ESPACIAL

E-book Estações Espaciais Volume I

E-book Estações Espaciais Volume II

E-book Naves Espaciais Tripuladas

E-book Compêndio da missão EMM-1 dos Emirados a Marte

E-book Compêndio Satélites Militares

E-book Compêndio da missão Soyuz 9

Author: homemdoespacobrasil

Sua referência em Astronáutica na internet

%d bloggers like this: