Blue Origin: Foguete New Shepard levará seis passageiros

Foguete de Jeff Bezos levará filha do primeiro americano no espaço e astro do futebol americano

Laura Shepard Churchley, filha mais velha do primeiro americano no espaço Alan Shepard, fotografada quando do primeiro voo tripulado do New Shepard em julho de 2021. Churchley deve voar no terceiro vôo tripulado da empresa em dezembro. (foto Blue Origin)

O próximo voo espacial suborbital da Blue Origin terá, pela primeira vez, a lotação completa de seis passageiros, e será realizado no próximo dia 9 de dezembro de 2021.

Michael Strahan, co-âncora do “Good Morning America” da ABC e ex-jogador campeão do Super Bowl, será outro membro da tripulação do NS-19. (Blue Origin)

A filha mais velha do primeiro astronauta americano, Alan Shepard, Laura Shepard Churchley foi confirmada no lançamento do New Shepard NS-19 como um dos passsageiros de seu terceiro vôo espacial tripulado e a primeira equipe com seis membros. Programada para decolar do Launch Site One no oeste do Texas, a missão NS-19 incluirá, também como convidado, o ex-jogador de futebol profissional e âncora do matutino “Good Morning America” ​​(GMA), Michael Strahan, que se tornará o primeiro negro a bordo de um vôo espacial suborbital.
Strahan será o segundo jogador aposentado da NFL a se lançar ao espaço, tendo sido uma ponta defensiva do New York Giants por 15 temporadas. O primeiro, Leland Melvin – astronauta profissional, registrou mais de 23 dias em órbita terrestre em duas missões do shuttle a serviço da NASA de, 1998 a 2010.
Será o primeiro vôo espacial da Blue Origin a preencher todos os seis assentos a bordo da cápsula. Os dois voos espaciais com tripulação anteriores levaram apenas quatro passageiros.

Strahan também será a segunda personalidade do noticiário da TV a voar para o espaço depois de Toyohiro Akiyama, que foi para o espaço pela URSS em um voo para a estação estação Mir como correspondente do Tokyo Broadcasting System (TBS), em 1990.

Quatro passageiros pagantes do NS-19 : Dylan Taylor (superior esquerdo), Evan Dick (superior direito), Lane Bess (inferior esquerdo) e Cameron Bess. Lane e Cameron Bess se tornarão a primeira dupla de pai e filho no espaço. (Blue Origin)

A tripulação do NS-19, incluindo quatro passageiros pagantes adicionais – Dylan Taylor, Evan Dick e Lane e Cameron Bass – foi anunciada pela Blue Origin hoje, terça-feira (23 de novembro). Esses passageiros pagantes a bordo do NS-19 incluem Taylor, presidente e CEO da empresa de exploração espacial Voyager Space e fundador da organização sem fins lucrativos Space for Humanity; Dick, um engenheiro e investidor que é piloto voluntário da Starfighters Aerospace; e a primeira dula pai-e-filho a voar para o espaço, o fundador da Bess Ventures, Lane Bess e Cameron Bess, um criador de conteúdo.

Churchley, de 74 anos, tinha 14 quando seu pai subiu a bordo da cápsula Mercury “Freedom 7” e decolou na missão Mercury-Redstone 3 em 5 de maio de 1961. O voo suborbital de 15 minutos atingiu pouco mais de 187,5 km de apogeu antes de amerrissar ao Oceano Atlântico – um momento que Churchley lembrou depois de assistir ao lançamento do primeiro New Shepard tripulado em julho.

Foguete suborbital New Shepard e cápsula reutilizável ‘Crew Capsule’ – CC

“Foi uma emoção”, disse Churchley, compartilhando suas impressões em um webcast após o voo. “Isso trouxe de volta muitas memórias, especialmente quando os paraquedas foram abertos, porque eu me lembro disso no primeiro vôo de papai em 1961.”

“Para nossos propósitos hoje, o que é mais interessante sobre Alan Shepard é este veículo recebeu o nome em sua homenagem e isso porque o perfil da missão que fizemos hoje é muito semelhante ao que Alan voou quando se tornou o primeiro americano no espaço há sessenta anos “, disse Bezos em entrevista coletiva após o vôo ao espaço do NS-17, a primeira missão tripulada de seu foguete.

Com lançamento no NS-19, Churchley se tornará a segunda astronauta de segunda geração (ou seja, filhos de pais astronautas). Antes, Richard Garriott, filho do astronauta Owen Garriott, financiou sua própria viagem à Estação Espacial Internacional em 2008. Do lado russo, Sergey Volkov (filho de Alexander Volkov) e Roman Romanenko (filho de Yuri Romanenko) são seus correspondentes. Com a diferença que tanto Sergey e Roman são profissionais – não turistas.

O lançamento em 9 de dezembro marcará o 19º do sistema New Shepard, que inclui um foguete de decolagem e pouso vertical e uma cápsula da tripulação equipada as maiores janelas para voar até o espaço. Strahan, com 1,96 m de altura se tornará a pessoa mais alta a chegar ao espaço. O atual recorde do Guinness para a pessoa mais alta no espaço é detido por dois astronautas da NASA: James “Jim” Wetherbee e James “Ox” van Hoften. Ambos tinham 193 cm de altura quando decolaram em suas respectivas missões espaciais.

Perfil de voo do foguete New Shepard

“Devo dizer que há muitas pessoas que olham e dizem: ‘Quer saber? Bilionários gastam muito dinheiro para ir ao espaço’, mas isso é muito maior do que isso”, disse Strahan em entrevista a Bezos após o primeiro vôo da Blue Origin. “Não se trata apenas de você tentar ir para o espaço, isso é muito importante em termos de educação e para as coisas que estão acontecendo neste planeta.”

Como Churchley, Strahan assistiu ao lançamento de julho. Ele ajudou a cobrir a missão para o GMA no local de lançamento e pouso da Blue Origin em Van Horn, Texas.

“Eu não teria pensado em fazer isso até ver você hoje. [É] a coisa mais incrível que já vi na minha vida”, disse Strahan a Bezos. Strahan e Churchley estão voando como convidados da Blue Origin, como a aviadora Wally Funk e o ator William Shatner de “Star Trek” estavam no primeiro e segundo voos tripulados do New Shepard, respectivamente. Como membro da equipe, Strahan receberá uma bolsa, que está sendo doada ao The Boys & Girls Club.

Embora três voos de passageiros pagantes já tenham sido feitos, a Blue Origin ainda não divulgou o preço do assento em sua nave. A empresa vendeu seu primeiro assento para um vencedor do leilão ainda não identificado, que pagou US $ 28 milhões, mas que ainda não voou. Os lucros do leilão foram doados à fundação sem fins lucrativos da empresa, Club for the Future, que por sua vez doou US $ 1 milhão para cada uma das 19 instituições de caridade ligadas as atividades no espaço – incluindo a Astronaut Scholarship Foundation, que foi cofundada por Alan Shepard e liderada parte hoje de Churchley como presidente do Conselho de Curadores.

Excluindo quaisquer desenvolvimentos imprevistos antes do lançamento em 9 de dezembro, a tripulação do NS-19 terá a 35ª a 40ª pessoas em um vôo espacial suborbital e a 604ª a 609ª a voar acima de 80 km de altura, a definição dos EUA para a fronteira entre a Terra e o espaço.

Conheça mais sobre exploração espacial no Curso Introdutório de História e Fundamentos da Astronáutica

Curso de Introdução à Astronáutica

CONTRIBUA ATRAVÉS DO PIX DO HOMEM DO ESPAÇO: homemdoespacobr@gmail.com

Compre os e-books da Biblioteca Espacial Brasileira:

BIBLIOTECA ESPACIAL

E-book Estações Espaciais Volume I

E-book Estações Espaciais Volume II

E-book Naves Espaciais Tripuladas

E-book Compêndio da missão EMM-1 dos Emirados a Marte

E-book Compêndio Satélites Militares

E-book Compêndio da missão Soyuz 9

Author: homemdoespacobrasil

Sua referência em Astronáutica na internet

%d bloggers like this: