Rússia: módulo Prichal decola dia 24 para a ISS

O Soyuz -2.1b instalado no complexo de lançamento na área 31 (“Vostok”) do cosmódromo de Baikonur.

No cosmódromo de Baikonur, o foguete da nave Progress M-UM com o módulo Prichal foi montado na plataforma de lançamento. A decolagem está programada para 24 de novembro de 2021 às 16h06, horário de Moscou (10:06 de Brasília). O “módulo universal” (designação 573GK nº 1L), projetado e fabricado pela RKK Energiya, tem como objetivo expandir as capacidades técnicas e operacionais do segmento russo da ISS. Em 18 de novembro, especialistas da Energiya e empresas subalternas à Roskosmos realizaram o conjunto de operações tecnológicas para o transporte da nave da área Nº 254 para complexo de teste da área Nº 31 para a montagem do foguete na plataforma. Hoje, domingo, 21, o foguete Soyuz -2.1b (número de série Ya 15000-054) foi instalado no complexo de lançamento na área 31 (Vostok) do cosmódromo de Baikonur. Os especialistas da Roskosmos já estão trabalhando de acordo com a programação do primeiro dia de lançamento.

Espaçonave Progress M-UM (formado por um compartimento de instumentos e motores e o módulo Prichal) no prédio de montagem e teste da área 254

Depois de reunidas as equipes, os especialistas começaram a trabalhar no cronograma do dia de lançamento. Hoje, estão sendo realizados testes dos sistemas e montagens do módulo, do veículo lançador e do complexo de lançamento, após o qual é dado um relatório dos resultados.

O módulo Prichal pesa 4,650 kg e carrega cerca de 700 kg de cargas para a estação espacial. É equipado com cinco portas de engate para recepcionar módulos e espaçonaves e fazer sua interligação com o módulo Nauka, recentemente acoplado ao segmento russo. Um sexto colar de acoplagem será usado para prender o Prichal ao Nauka.

Nave instalada na seção de cabeça, dentro da coifa 81KS

O foguete Soyuz 2.1b será usado, ao contrário dos Soyuz U, Soyuz FG e Soyuz 2.1a anteriormente utilizados para lançamentos espaciais relacionados às atividades com tripulação do programa espacial russo. O foguete está utilizando uma coifa de cabeça de 4,1 metros de diâmetro e compartimento de transferência especialmente preparados. A coifa é um modelo de série 81KS (8M136S) adaptado, de número T15000-001, usada normalmente em lançamentos comerciais.

O Progress M-UM, de 8.180 kg, é parte de uma série de naves Progress modificadas para transportar módulos para a ISS, denominadas 11F615A55-40. Já foram lançados dois desses exemplares, a espaçonave nº 301 para o compartimento Pirs, a nº 302 para outro compartimento, o Poisk. O Progress M-UM para o Prichal é o nº 303. Hoje em dia está em uso uma versão mais avançada do Progress, a “MS”; porém, o ‘rebocador’ para o Prichal foi construído há quase 10 anos e foi mantido em armazenamento aguardando que tanto o Nauka quanto o próprio Prichal ficassem prontos.

Progress M-UM nº 303
Simulação do Progress M-UM acoplado ao segmento russo

Conheça mais sobre exploração espacial no Curso Introdutório de História e Fundamentos da Astronáutica

Curso de Introdução à Astronáutica

CONTRIBUA ATRAVÉS DO PIX DO HOMEM DO ESPAÇO: homemdoespacobr@gmail.com

Compre os e-books da Biblioteca Espacial Brasileira:

BIBLIOTECA ESPACIAL

E-book Estações Espaciais Volume I

E-book Estações Espaciais Volume II

E-book Naves Espaciais Tripuladas

E-book Compêndio da missão EMM-1 dos Emirados a Marte

E-book Compêndio Satélites Militares

E-book Compêndio da missão Soyuz 9

Author: homemdoespacobrasil

Sua referência em Astronáutica na internet

%d bloggers like this: