Turismo no espaço: Demanda por voos aumenta depois da missão “Desafio”

Voo de atriz e diretor reavivou o interesse por voos espaciais turísticos

A atriz Yulia Peresild, o comandante Anton Shkaplerov e o diretor Klim Shipenko antes do voo

A Space Adventures, operadora de turismo espacial, registrou crescente interesse de turistas em potencial em voos na espaçonave russa Soyuz, tendo como pano de fundo a visita da equipe de cinema à ISS, disse o chefe do escritório de representação russo da empresa, Sergei Kostenko. “Do ponto de vista do marketing, foi organizado um superevento. Meus aplausos. Foi o evento certo para o desenvolvimento global do turismo espacial, e para a promoção da cosmonáutica russa do ponto de vista de seu componente comercial. Houve um aumento de interesse e mais ligações para o escritório. Definitivamente, o mercado de turismo espacial mudou seu foco para a Rússia e se animou”, disse Kostenko.

Segundo ele, do ponto de vista da captação de potenciais turistas, o projeto Vi’zov revelou-se um sucesso, e foi organizado ao mais alto nível internacional, pelo que a Space Adventures espera fechar novos contratos com voos espaciais. “Nunca houve tal divulgação da cosmonáutica russa. Eles mostraram todo o processo, desde o treinamento da tripulação em Baikonur. Foi um bom show, uma apresentação da cosmonáutica ao nível de Hollywood”, acrescentou Kostenko.

A equipe Vi’zov, formada pela atriz Yulia Peresild e o diretor Klim Shipenko, foi para a ISS no dia 5 de outubro para filmar o primeiro longa-metragem no espaço – o projeto Desafio, implementado em conjunto pelo Perviy Kanal e a Roskosmos. O vôo durou 12 dias, e no dia 17 de outubro a atriz e o diretor retornaram à Terra – e agora estão em reabilitação no Centro de Treinamento de Cosmonautas. Depois de implementado o projeto, a Roskosmos ultrapassou a NASA e a SpaceX, que lançariam ao espaço o astro de Hollywood Tom Cruise e o diretor Doug Lyman, mas suas filmagens foram adiadas.

O projeto atraiu a atenção do grande público. Todas as etapas de preparação para o vôo foram mostradas no ar do Primeiro Canal. A transmissão do lançamento da nave Soyuz MS-19 com a “tripulação do filme”, do cosmódromo de Baikonur, teve mais de 13 milhões de visualizações na Internet.

Até o momento, oito turistas já voaram para o espaço a bordo das espaçonaves Soyuz, um deles duas vezes. O próximo vôo, de dois turistas ao mesmo tempo, está planejado para dezembro na Soyuz MS-20. Outro voo – com uma possível atividade extraveicular de um dos turistas – está previsto para 2023-2024.

Agora, o custo da passagem é de cerca de US$ 50 milhões. A empresa também relatou que foi abordada por cidadãos russos, mas que se recusaram devido ao longo período de preparação e a impossibilidade de se ausentarem do trabalho nesse período. Ao mesmo tempo, o comandante do esquadrão de cosmonautas, Oleg Kononenko, disse anteriormente que o vôo da “tripulação do filme” para a ISS permitiu que o Centro de Treinamento de Cosmonautas desenvolvesse e testasse uma metodologia simplificada para treinar participantes de voos espaciais, o que pode interessar a esses turistas em potencial que não podem deixar o trabalho por muito tempo.

Conheça mais sobre exploração espacial no Curso Introdutório de História e Fundamentos da Astronáutica

Curso de Introdução à Astronáutica

Compre os e-books da Biblioteca Espacial Brasileira:

CONTRIBUA ATRAVÉS DO PIX DO HOMEM DO ESPAÇO: homemdoespacobr@gmail.com

BIBLIOTECA ESPACIAL

E-book Estações Espaciais Volume I

E-book Estações Espaciais Volume II

E-book Naves Espaciais Tripuladas

E-book Compêndio da missão EMM-1 dos Emirados a Marte

E-book Compêndio Satélites Militares

E-book Compêndio da missão Soyuz 9

Author: homemdoespacobrasil

Sua referência em Astronáutica na internet

%d bloggers like this: