Crew Dragon muda de posição para dar lugar à nave da Boeing na ISS

Astronautas da nave C206 Endeavour saíram da porta frontal para a porta “zênite” do módulo Harmony por volta das 07:30 de Brasília

Os astronautas da missão SpaceX Crew-2 da NASA na Estação Espacial Internacional realocaram sua nave Crew Dragon Endeavor C206 hoje, quarta-feira, 21 de julho, estabelecendo a condição para que duas espaçonaves tripuladas comerciais americanas diferentes serão acopladas à estação ao mesmo tempo.

C206 Endeavour em voo livre aproximando-se para re-docagem

A cobertura ao vivo começou às 06h30 EDT (06:30 Brasilia) na televisão da NASA, no aplicativo e no site da agência.

Os astronautas da NASA Shane Kimbrough e Megan McArthur, o astronauta da JAXA japonesa Akihiko Hoshide e o astronauta da ESA europeia, francês Thomas Pesquet embarcaram na Crew Dragon por volta das 4h30 EDT e se desacoplaram da porta frontal do módulo Harmony da estação às 06h45 EDT. A espaçonave acoplou-se novamente na porta “zênite” da estação às 7h32 EDT.

Crew Dragon C206 engata-se firmemente ao colar de encaixe IDA-3 que está instalado no colar APAS-95 do compartimento pressurizado PMA-3, que forma a extensão de volume para o módulo multiporta Harmony da ISS

A realocação liberou a porta da frente de Harmony para o acoplamento da espaçonave CST-100 Starliner da Boeing, com lançamento previsto para sexta-feira, 30 de julho, como parte do Boeing Orbital Flight Test-2 (OFT-2) para a NASA. O vôo testará as capacidades completas da Starliner do lançamento ao acoplamento, reentrada atmosférica e pouso no deserto no oeste dos Estados Unidos. A missão não tripulada trará dados sobre o sistema de transporte de tripulação da Boeing e ajudará a NASA a certificar a nave e o foguete tipo Atlas V N22 da United Launch Alliance para voos regulares com astronautas para a estação espacial.

Esta será a segunda mudança de porta de uma espaçonave Crew Dragon. A missão SpaceX Crew-2 decolou em 23 de abril do Kennedy Space Center na Flórida e foi acoplada à estação espacial em 24 de abril. A Crew-2, que deve retornar no início a meados de novembro, é a segunda das seis missões de tripulação certificadas para a NASA que a SpaceX planejou como parte do Programa de Tripulação Comercial da agência.

Saiba mais sobre a estação espacial internacional do Livro Estações Espaciais Volume II – ISS, da Biblioteca Espacial Brasileira do Homem do Espaço

Author: homemdoespacobrasil

Sua referência em Astronáutica na internet

%d bloggers like this: