Astronautas decolam em junho para a estação espacial da China

Pistas indicam Nie Haisheng, Liu Boming e Tang Hongbo como tripulação

Lançamento deve ocorrer em 17 de junho às 01:17 UTC

Em selos recentemente publicados na mídia chinesa, estão as imagens dos taikonautas Nie Haisheng, Liu Boming e Tang Hongbo. Os três astronautas levarão a espaçonave Shenzhou-12 para a ‘cabine central’ da estação, Tianhe, em junho, estão agora sob quarentena de Nível 2, com todos os trabalhos relacionados entrando em um estágio final de preparação, disse Yang Liwei, diretor da China Manned Space Engineering e o primeiro astronauta do país. Yang, que foi ao espaço na nave Shenzhou-5 em 15 de outubro de 2003, fez os comentários durante uma entrevista com a emissora estatal China Central Television (CCTV), após o lançamento bem-sucedido da nave de carga Tianzhou-2.

Foguete Longa Marcha 2F/G Y 12 no centro espacial de Jiuquan

De acordo com Yang, os três astronautas da missão Shenzhou-12, que foram selecionados do primeiro e segundo grupo de astronautas da China, ficarão no espaço por três meses, durante os quais realizarão tarefas que incluem reparos e manutenção, troca de equipamentos e operação científica de cargas úteis.

A China selecionou seu primeiro grupo de 14 astronautas em meados da década de 1990. Desde 2003, enviou seis astronautas ao espaço, incluindo Zhai Zhigang, que realizou a primeira caminhada espacial da China em setembro de 2008. Em 2011, o país selecionou seu segundo grupo de astronautas, composto por cinco homens e duas mulheres, pela primeira vez sendo selecionadas como astronautas da China.

Seção de cabeça do foguete ‘Shenjian’ CZ-2F/G Y12

Embora não haja nenhuma astronauta feminina na próxima missão Shenzhou-12, elas basicamente participarão de todas as missões de vôo seguintes, revelou Yang. Os três astronautas assumirão funções de pilotos e engenheiros, e todos eles possuem a capacidade de trabalhar fora da cabine, disse ele. Com o lançamento bem-sucedido do cargueiro Tianzhou-2 no mes passado, a China completou suas duas primeiras missões de um total de onze da fase intensiva de construção da estação espacial, programada para 29 de abril de 2021 a 2022. Três serão para módulos, quatro para naves de carga e quatro para espaçonaves tripuladas.

Quatro tripulações de vôo foram selecionadas do primeiro e do segundo grupo de astronautas para as quatro missões Shenzhou. Os astronautas realizarão várias tarefas fora da cabine, realizando reparos e manutenção na espaçonave e outras missões de construção, disse Yang. “Os astronautas que sairem da cabine se tornarão uma nova rotina e a duração dessas atividades será bastante ampliada.”

A estação espacial da China também foi equipada com braços robóticos que podem ser estendidos para até 15 metros de comprimento, e também desempenharão um papel vital na construção da estação espacial em órbita, Zhou Jianping, projetista-chefe do projeto de engenharia espacial tripulado da China, disse anteriormente. Os astronautas controlarão esses braços robóticos para possibilitar a construção e manutenção da estação espacial em órbita, observou Yang.

Author: homemdoespacobrasil

Sua referência em Astronáutica na internet