Axiom encomenda quatro missões tripuladas à SpaceX

Empresa privada usará naves Crew Dragon para experimentos

Repetindo seu mantra, a SpaceX declarou que “A crescente parceria entre a Axiom e a SpaceX possibilitará mais oportunidades para mais humanos no espaço no caminho para tornar a humanidade multiplanetária.”

Hoje, 2 de junho, a Axiom Space anunciou que a SpaceX fará três missões com tripulação privada adicionais a bordo da suas espaçonaves Crew Dragon para a estação espacial internacional até 2023. A Axiom anunciara anteriormente sua primeira missão para a Estação Espacial Internacional a bordo do Dragon, atualmente planejada para decolar não antes de janeiro de 2022. Em maio 2021, a Axiom adiantou que a astronauta Peggy Whitson e o campeão de corrida de GT John Shoffner serviriam como comandante e piloto, respectivamente, na missão Ax-2.

Astronauta Peggy Whitson e o turista espacial, piloto de GT, John Shoffner – foto Axiom

John Shoffner é um empresário de sucesso, piloto de show aéreo, pára-quedista, ciclista e entusiasta da saúde e do condicionamento físico em geral. John se concentra totalmente nas corridas de carros Endurance GT em Nürburgring e na Europa. Como parte do J2-Racing, ele conquistou várias vitórias e pódios na Carrera Cup e na classe GT3.
Destaques em sua carreira incluem: 2º no campeonato Carrera Cup Class VLN 2017; 2º e 3º nessa mesma classe nas 24 Horas de Nürburgring em 2016 e 2017; total de 3 vitórias na classe na classe Carrera Cup da VLN.

Foguete Falcon 9 FT v1.2 configurado para lançar a Crew Dragon

Além de levar astronautas para a NASA, a Crew Dragon também pode transportar passageiros comerciais para a órbita da Terra, em voos autorizados à estação ou “para outros destinos” (não especificados, mas possivelmente lunares, uma capacidade para a qual a Crew Dragon foi pensada desde o início do projeto).

Todas as quatro tripulações receberão treinamento comercial combinado de astronautas da NASA e da SpaceX, com a empresa fornecendo treinamento no seu foguete-lançador Falcon 9 e na espaçonave, treinamento de preparação para emergências, operações de traje espacial e exercícios de entrada e saída da cabine, bem como simulações parciais e completas.

Whitson, uma das astronautas mais experientes do mundo, que durante uma carreira de 22 anos na NASA se tornou a primeira mulher comandante da ISS, a primeira oficial científica da estação, e estabeleceu e ainda mantém o recorde americano de tempo de permanência no espaço, retornará à ativa como comandante do Ax-2. Ao lado dela, como piloto da missão, estará John Shoffner – um piloto, campeão de corrida de GT e patrocinador de pesquisa em Ciências da Vida de Knoxville, Tennesse.

Whitson e Shoffner treinarão juntos no programa padrão de astronautas da Axiom para prepará-los para o vôo. Além de seu treinamento, eles aprenderão como realiar experimentos genômicos de uma única célula terrestre em um processo de ciência orbital em colaboração com a 10x Genomics, sediada em Pleasanton, Califórnia, líder global no desenvolvimento de produtos de biologia para o avanço da saúde humana.

“Estou emocionada por voar ao espaço novamente e liderar uma das primeiras dessas missões pioneiras, marcando uma nova era dos voos espaciais tripulados”, disse Whitson. “Mas, ainda mais do que isso, estou ansiosa pela chance da Ax-2 de abrir caminho para a primeira geração completa de astronautas privados e vincular John diretamente às oportunidades de pesquisa na ISS. No tempo que já passamos juntos como companheiros de tripulação, está claro para mim que John será um excelente piloto e pesquisador. É um prazer colocá-lo sob meu comando”

Espaçonave Crew Dragon a ser usada nos voos comerciais da Axiom Space

A missão servirá para Shoffner, um atleta e “entusiasta da saúde e ciência”, realizar o sonho de se tornar astronauta.
“Crescendo, acompanhei de perto todos os voos da NASA com as Gemini e Apollo”, disse. “Agora, é uma honra experimentar o treinamento de astronautas em equipe com Peggy (Whitson). Também estou animado com nosso próximo trabalho com a 10x Genomics nesta primeira etapa para disponibilizar as tecnologias de célula única para pesquisadores em um ambiente de microgravidade. Estou ansioso para o teste e validação desta tecnologia para futuros trabalhos inovadores em órbita da Terra. ” – disse.
Além do treinamento padrão em sistemas da ISS, Shoffner receberá treinamento especializado em operações de espaçonaves, para auxiliar a comandante durante o vôo como piloto da cápsula, e desenvolver com Whitson os protocolos necessários para conduzir experimentos de sequenciamento de células em microgravidade.

Whitson e Shoffner também estão atualmente treinando para servir como comandante e piloto reservas da missão Ax-1 da Axiom, a primeira totalmente privada para a ISS, programada para lançamento em uma Crew Dragon no início de 2022. Tal como acontece com a Ax-2 em planejamento, a Axiom também competirá pela oportunidade de voar missões comerciais para a ISS aproximadamente a cada seis meses, num cronograma sujeito à aprovação da NASA e conforme o tráfego para a ISS permitir.

Preços mais altos
Embora seus tripulantes tenham que passar pelo mesmo treinamento, a missão Ax-2 provavelmente será mais cara do que a Ax-1. A NASA alterou os preços de hospedagem de missões privadas na estação espacial, já que é administrada pelo governo. A segunda missão da Axiom estará sujeita à última tabela de preços da agência: uma base de US $ 5,2 milhões por pessoa e US $ 4,8 milhões por missão para pagar pelo planejamento e integração. A tarifa diária para cada passageiro está entre US$ 88.000 e US$ 164.000 para acomodar suprimentos, cargas e outros serviços. A Axiom diz que resolve isso com a NASA e inclui todas essas cobranças no preço da passagem do cliente.

Cronograma da Axiom – disponivel no site da empresa

“A expansão da humanidade para fora do planeta e os benefícios que ela pode trazer de volta serão sustentados apenas pela construção e atendimento da demanda por vida e trabalho expandidos em órbita terrestre,” disse o CEO da Axiom, Michael Suffredini. “Não há ninguém melhor do que Peggy – que será a segunda comandante de missão privada da história para a ISS – para liderar uma missão tão importante para esse plano, e estamos entusiasmados por ter ao lado dela um piloto tão motivado e comprometido com isso visão como John para cimentar esta nova era. ”

Módulos da Axiom, com uma cúpula de visualização em 360º – imagem Axiom

A Axiom Space

A Axiom, fundada em 2016 por um gerente de programas da ISS, veterano da NASA, está construindo seus próprios módulos de uma estação espacial privada que planeja acoplar à ISS em 2024. É uma desenvolvedora de infraestrutura espacial americana com financiamento privado com sede em Houston, Texas . Fundada em 2016 por Michael T. Suffredini e Kam Ghaffarian, a empresa planeja missões comerciais em 2022 para a Estação Espacial Internacional e tem como objetivo possuir e operar a primeira estação espacial comercial do mundo . A equipe de liderança da empresa é composta em grande parte por ex – funcionários da NASA , incluindo o ex-administrador Charles Bolden. Outros líderes da empresa incluem astronautas Michael Lopez-Alegria e Brent Jett Jr . À medida que a NASA mudou as aspirações dos voos espaciais tripulados além da órbita baixa da Terra, o objetivo da Axiom se tornou “criar uma infraestrutura comercial necessária para impulsionar a humanidade no espaço”. A empresa quer oferecer amplas atividades comerciais, incluindo voos espaciais para astronautas governamentais americanos e comerciais para pesquisa e fabricação no espaço e apoio à exploração espacial , bem como para turismo espacial, com os chamados “participantes de voos espaciais”. Whitson diz que sua missão ajudará a abrir portas para missões tripuladas mais ambiciosas no espaço. “O futuro do voo espacial depende da construção de uma infraestrutura que nos permita dar um passo cada vez mais longe da Terra”, diz ela. “Esta etapa da Axiom, apresentando astronautas particulares à estação espacial, será apenas a etapa inicial.”

Módulos da Axiom em destaque – imagem Axiom

Author: homemdoespacobrasil

Sua referência em Astronáutica na internet