Módulo Tianhe ajusta órbita para esperar a nave de carga

Nave Tianzhou-2 deve ser lançada amanhã

O módulo principal da estação espacial chinesa Tianhe concluiu recentemente os testes de várias funções de sua plataforma e ajustou sua órbita para acoplar com a espaçonave de carga Tianzhou-2, disse o Escritório do Programa exploração espacial tripulada da China- CMSA. A Tianzhou-2 será lançada amanhã, 19 de maio de 2021 por volta de 17:30 UTC.

Configuração da TZ-2

O módulo principal, que entrou em órbita em 29 de abril deste ano, concluiu recentemente a verificação das funções do sistema de acoplamento, sistema de suporte vital e braços mecânicos, além de realizar diagnósticos das características dos equipamentos de projeto para trabalho em órbita.

A CMSA afirmou que várias funções do módulo principal estão funcionando normalmente. O módulo continuará os preparativos para o engate com a espaçonave de carga Tianzhou-2.

Na primeira fase uma nave Tianzhou se acoplará à câmara traseira do módulo-base
Diagrama esquemático da cabine central Tianhe
Porta de engate esquerda, manipulador-robô, painel solar e compartimento de propulsão assinaladas
Interior do Tian He mostrando a seção traseira, com a porta de acesso à câmara traseira de acoplagem
Cargas acondicionadas na seção frontal do compartimento habitável

Há uma porta de acoplagem na parte traseira do compartimento de recursos do TianHe, para acoplar com uma nave de carga. A nave Tianzhou-2 estará carregada com o “expresso” enviado do solo.

Para ressuprir a tripulação, o compartimento de carga seca da espaçonave Tianzhou será preenchido com “entrega expressa” enviada do solo.

De acordo com o plano, o programa normal é que três astronautas façam missões de longo tempo (cerca de seis meses) em órbita . Durante a rotação das tripulações, haverá seis astronautas a bordo. A primeira missão, contudo, terá uma duração de três meses – a bordo da nave Shenzhou-12.

Author: homemdoespacobrasil

Sua referência em Astronáutica na internet

%d bloggers like this: