Soyuz 2.1b Oneweb ST31 lançado com sucesso

O segundo lançamento da Arianespace/Starsem em 2021 colocou 36 satélites Oneweb F6 em órbita a uma altitude de 450 km, junto com o estágio superior Fregat-M, que fará as manobras de liberação. Os satélites se elevarão à sua órbita operacional. O lançador Soyuz 2.1b nº V15000-005/Fregat-M 123-11 transportou uma carga útil total de 5.808 kg. O lançamento foi realizado a partir do complexo de lançamento ‘1S Soyuz’ em Vostochny, Rússia, às 19:14:08 hora de Brasília.

De acordo com as informações de telemetria, o lançamento, a separação dos estágios e a entrada em orbita foram realizados no modo normal. Depois disso, o estágio superior Fregat continuou ejetando os 36 veículos na órbita circular com uma altitude de 450 quilômetros. Durante as seguintes 3 horas e 40 minutos, os satélites OneWeb, de acordo com a sequência de vôo, serão sequencialmente separados (em grupos de quatro ) do Fregat-M russo produzido pela S.A. Lavochkin. Este foi o terceiro lançamento totalmente comercial do cosmódromo Vostochny, implementado por encomenda do provedor europeu de serviços de lançamento Arianespace e da empresa franco-russa Starsem para a constelação de satélites OneWeb do novo cosmódromo da Federação Russa.

Soyuz 2.1b nº V15000-005/ Fregat-M 123-11/ Coifa 81KS V15000-050

Trajetória do foguete – TsENKI/Russianspaceweb.com
Satélites Oneweb – foto TsENKI

A duração nominal da missão (da decolagem à separação dos satélites) será de 3 horas, 51 minutos e 40 segundos.
Após a decolagem do Cosmódromo de Vostochny, a fase de motorização dos três estágios inferiores do Soyuz durará aproximadamente nove minutos. O terceiro estágio do foguete será então separado do composto superior, que compreende o estágio superior Fregat e os satélites OneWeb. Os três estágios inferiores do Soyuz e a carenagem de carga útil cairão de volta a Terra. Antes do lançamento dos satélites, o estágio superior Fregat realizará várias fases de ignições principais. Os 36 satélites serão separados durante nove sequências de separação. No final da missão, um disparo adicional do motor Fregat o colocará em uma órbita de reentrada.

Cliente OneWeb
Fabricante OneWeb Satellites (fábrica na Flórida)
Objetivo conectividade global
Órbita operacional Órbita terrestre baixa, a 1.200 km e inclinação de 87,4 °
Propulsão Elétrica (motor de efeito Hall HET a xenonio )
Eletricidade dos satélites por bateriais de Li-ion
Carga útil de comunicação – Duas antenas omni TTC; duas antenas de banda Ku; duas antenas banda Ka
Estabilização 3 eixos
Cobertura Global

Soyuz 2.1b nº V15000-005 no prédio de montagem e testes (MIK) em Vostochniy

O complexo de lançamento 371SK14 Soyuz-2 em Vostochny dispõe das quatro estruturas de suporte semelhantes que suspendem o foguete sobre a abertura 15 metros de diâmetro com o defletor de chamas . Da mesma maneira que em Baikonur , Plesetsk e Kourou, a plataforma em Vostochny tem a cabine de serviço KO abaixo da superfície de concreto dando acesso à base do foguete . Outros componentes principais do complexo de lançamento incluem: Sistema de lançamento; Mastro de Cabeamento e Abastecimento KBM – SM575 ; Cabo Superior e mastro secundário de Abastecimento; Sistema de fornecimento de energia ; Torre de serviço móvel – MBO; Transportador-eretor TUA; Sistema de Controle Remoto de Acionamento Elétrico e Hidráulico do Complexo de Lançamento – EGPDU SS.

Publicidade

Autor: homemdoespacobrasil

Astronautics

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: